quarta-feira, novembro 23, 2011

Caridade

Felizes seriamos se por impulso, e não obrigação somente, fizessemos o bem, praticassemos o amor e a caridade para com os necessitados.
Muito felizes seriamos se vissemos o estado e não o estatus da pessoa ao lado.
Porque tudo que fazemos em forma de caridade alimenta nosso espírito,nossa alma. Somos o que fazemos,o que praticamos,sempre!


Fernanda Lima




3 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Beijo.

jodiel bispoo disse...

um show gostei do seu blog !!
aqui está o meu!!
http://caminhos-da-verdade.blogspot.com.br/

Ana Pereira disse...

Boa tarde
Passei pelo teu cantinho para te dar a conhecer o meu modesto espaço de poesia.
Espero que gostes. Um abraço, Ana Pereira
http://almainspiradora.blogspot.pt/