segunda-feira, maio 28, 2007

Resurrección ( tradução ) Ressureição

Ter vida não é viver
é querer lutar para sobreviver
Então o que sou se não luto?
que sou se não vivo?

Sou um miserável
Alguém morto vivo
Vivo por ter sangue
Morto por não ter seus pensamentos

E sem teu amor
Sem teus sentimentos
Me afogo em solidão
Como em que numa areia movediça

Areia que leva minha esperança
Que leva minha cor e meus sonhos
Areia que me engole pouco a pouco
Que me mata embora eu não esteja vivo

Aos poucos sou engolido
E aos poucos me lembro de ti
Penso nas coisas que não fiz
e me arrependo, arrependo....

Sinto então que ainda me resta vida
Sinto que quero lutar
Não com a espada
e sim com as palvras

Quem dera tivesse pensando em mim
Quem dera tivesse vindo
Para me tirar daqui
Não me deixe sufocar

Areia que quer me matar
Não tenho força
Mas quero lutar
Quero viver

Eu estava morto
Mas a lembrança da tua pele
Fez meu sangre correr
Ressucitei das trevas da minha mente

Onde está?
Não quero voltar a depressão
Não quero morrer
Quero lutar!


Pena que não soa tao bem quanto em espanhol, mas é meu dever traduzi-lo!

o que esse poeme os levam a pensar?

vamos a aula de interpretação!!

huhhuh
beijinhos fofos

Fer!

2 comentários:

Ms.Kattie disse...

Agora eu entendi...

profundo amiga, mto profundo!


Amei!

Apareça mais!!!

;)

Nilson Barcelli disse...

Parabéns Fernanda, acho boa a tradução e o poema continua com a força original.
Bom fim de semana.
Beijinhos.